Felicidade?

"Primeiro é o desejo de ser santo, antes que ser feliz. O anseio por felicidade, tão divulgado entres cristãos que dizem ter um elevado grau de santidade, é prova suficiente de que, na verdade, tal santidade não está presente. O homem verdadeiramente espiritual sabe que Deus dará abundância de alegria depois de estarmos preparados para recebê-la sem prejudicar as nossas almas, o homem espiritual não a exige de vez. John Wesley disse, sobre os membros de uma das primeiras metodistas, duvidava que eles tivessem sido aperfeiçoados no amor porque vinham à igreja para desfrutar a religião, e não para aprender como se tornar santos." A.W. Tozer

Hoje em dia muito se fala a respeito do tal "Evangelho da Prosperidade!!!", seja bem ou mal, estão falando dele. Meu objetivo com o texto dessa semana não é falar mal (mesmo sabendo que faria bem ao meu desejo de vingança) e muito menos bem dele. Mas sim, em uma esperançosa tentativa mostrar algo que possa tirar os olhos dos "evangélicos" materialistas dessa terra e fixá-los nos céus, da onde vem o Nosso Senhor (pelo menos o meu).

O desejo de escrever hoje veio depois de eu ter assistido um clipe "gospel" que me dá nojo e revolta (santa, assim espero) só de lembrar. Cara!!! Qualquer filho de Deus realmente consciente das verdades básicas do motivo da nossa fé ficaria no mínimo revoltado com aquele clipe e com as outras toneladas de lixo "gospel" lançado vendendo à custa de Deus. Bom, no clipe a cantora, como todos os outros artistas gospel nesse país, imitava a voz de alguém famoso e nas imagens do clipe aparecia representando uma secretária ou algo do tipo. Mas o pior não era isso, o que matou a parada de vez foi às declarações do tipo:

"Eu declaro Sobre a tua vida vitória!!",aparecia a imagem dela (representando a secretária) recebendo um envelope escrito "PROMOVIDO"

"Eu determino a tua benção irmão!!!", com a imagem dela escolhendo o carrinho que ela ia comprar.

"Eu ministro sobre ti a prosperidade!!!", nessa etapa de tanta "benção" ela já tinha uma casa própria.

Bicho isso seria engraçado se não fosse trágico. Que parada é essa?

Que "Boas Notícias" são essas em que as pessoas só ficam ricas como se estivessem depositando numa bolsa de valores?

Que evangelho é esse que trata do Deus Santo e Todo-Poderoso como um Pai que mima seus filhos entupindo eles de doce para que seus dentes estraguem? E filhos tão ingratos como cobras!!!

Deixo essas questões para reflexão. "Outro desejo que caracteriza o homem espiritual é morrer com retidão antes de viver no erro. Uma inabalável característica do homem de Deus amadurecido é a sua despreocupação pela vida terrena.

O Cristão amante da terra e muito ligado às coisas do corpo olha para a morte com paralisante terror em seu coração; mas à medida que se põe a viver no Espírito, vai ficando cada vez mais indiferente quanto ao número dos seus anos de vida cá embaixo e ao mesmo tempo, cada vez mais cuidadoso quanto ao tipo de vida que leva enquanto se acha aqui. NÃO COMPRARÁ uns dias extras devido ao preço de transigência ou fracasso. O que ele quer acima de tudo é ser correto, e se alegra em deixar que Deus decida sobre quanto tempo viverá na terra. “Sabe que pode enfrentar a morte, agora que está em Cristo, mas sabe que não pode arcar com a prática do mal, e este conhecimento como funciona um giroscópio, estabilizando seu pensar e o seu agir.” A.W Tozer

Essa sim é uma das características de um cristão de verdade.

Vamos voltar ao que interessa a esperança que nos é dada em Cristo e não na seita evangélica de hoje em dia. Nós achamos, como qualquer cristão estudante da palavra, esses e muitos outros tesouros que valem a pena viver ou morrer, em Cristo:

*O perdão de pecados; Ó quão precioso é!! Como Paulo (Rm.7:25), de todo o meu coração, posso gritar:"Graças a Deus por Jesus Cristo nosso Senhor"

*Purificação interior; Continuação da obra iniciada em nós através do perdão dos nossos pecados, não sei quanto a vocês, mas quanto mais eu entendo o quanto pecador eu sou mais esses tesouros se tornam preciosos para mim, Ó Deus, Seu nome seja louvado. Muito obrigado pela Tua misericórdia.

*o dom do Espírito Santo; Com certeza esse é um dos mais profundos tesouros derramados sobre os cristãos fiéis a verdade.

*Vitória sobre a tentação; Esse é um dos tesouros que mostra que os homens só têm certo "poder de escolha" quando estão em Cristo. A respeito de pecado em tentação falaremos em outra oportunidade. Mas é certo, que somente por causa do Pai que temos nos céus podemos vencer as tentações que passamos na Terra, é Ele que nos sustenta através de Cristo "Não nos deixe cair em tentação..." MT. 6:13

*A Ressurreição dos mortos; "E digo mais: quem ouve o que eu digo e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna e não será condenado, mas já passou da morte para vida. Eu falo a verdade para vocês, o tempo está chegando e já chegou em que os mortos ouvirão a voz do filho de Deus e os que a ouvirem viverão" Jô. 5:24-25 "Marta respondeu, 'eu sei que ele vai ressurgir na ressurreição no último dia. '" Jo. 11:24 Infelizmente a nossa ressurreição dos mortos no Último dia tem sido negligenciada pelos pregadores de nosso tempo, que precioso tesouro tem se perdido através dos séculos, o amor pelo mundo e o medo da morte de muitos cristãos são uns dos problemas que alguém com tal esperança não deveria ter. Para meditação ICo. 15

*Corpo Glorificado; A promessa da libertação total do pecado!!! Que anseio tem a alma daquele que quer se ver livre da carne, do corpo dessa morte, finalmente puros e libertos para sempre. Somente não anseiam por isso aqueles que amam o pecado!!! ICo. 15:35-58.

*A imortalidade: "Onde está, ó morte, a tua vitória? Onde está, ó morte, o teu ferrão?" Os. 13:14, como Jesus já nos afirma que quem crer nele já passou da morte para vida. "Tragada foi morte pela vitória."Is.25:8

*Morar na casa do Senhor para sempre: Que tesouro na terra se compara a isso??? Diga-me se puder cara!!! Ele é a nossa herança, a nossa esperança e o nosso galardão, o que há de tão precioso na eternidade que possa se comparar a estar com o Nosso Senhor para sempre??? "E eu ouvi uma voz alta que vinha do trono dizendo: ' Agora o lugar onde Deus habita está com os homens, e Ele viverá com eles. Eles serão seu povo e Deus mesmo estará com eles e será seu Deus. '" Ap. 21:3 Diante de todas essas e muitas outras promessas eternas o que pode se comparar em toda face da Terra com o que Deus tem revelado ao seu povo separado entre as nações? Como Tozer diz: "Estes são alguns dos benefícios que nos vêm como resultado da fé em Cristo e da entrega total a Ele."

Essa sim é a esperança e as promessas de qual a bíblia nos fala, marcadas estão nas suas páginas. Os "cristãos" têm a tinta e o papel o que lhes falta é a revelação que vem do Espírito.

Entre uma das histórias dos mártires encontradas no livro de John Foxe, tem uma que consegue ilustrar em cores vivas o que é ser cristão. Essa é a respeito de um homem que caminhava para a morte na fogueira por não ter negado a sua fé no nosso salvador,

Enquanto estava sendo levado para a fogueira seu filho à beira do caminho choravam e gritavam: "Não papai, por favor, não!”. O homem ouvindo os gritos de seus filhos começou a bater no peito e dizer: "Saia da minha frente carne, você não vai me impedir de servir ao meu Senhor!"

CARA!!! Que é isso???

Algo esquecido nos nossos dias... cristianismo.

A Ira de Deus vem...

Tendo essas promessas, queridos amigos, vamos nos purificar de tudo que contamina o corpo e o espírito, aperfeiçoando a

“Nossa santidade no temor do Senhor.” IICo. 7:1

João Vitor

Um imenso pecador


Quão sangrenta tem sido minhas lutas contra os meus pecados e muita das vezes saio derrotado dessas batalhas, mas ainda há esperança de me vencer e me dominar, não quero ficar aqui criando uma falsa humildade ou sei lá o que, quero mostrar o quão errante sou.

Lembro-me de quando era criança e que na roda de brincadeiras me perguntavam de qual religião eu era, respondia sou crente sempre havia um que se levantava e dizia pra todos rirem a o crente da bunda quente, cara como aquilo me fazia mal, me envergonhava de tal forma de minha religião, fui crescendo e piorando, ia à igreja curtia e sabia o que era o certo, mas ainda havia aquele desejo imenso de curti os pecados que todos curtiam (como a maioria dos filhos de evangélicos que crescem na igreja) lembro-me do tanto de vezes que passei por um grupo de amigos e escondi a bíblia para que eles não percebessem que eu era crente sem falar das vezes que mentia (o que importava era me encaixar no modelo) nunca cheguei a me lançar completamente no mundo ‘’largando Deus’’, mas realmente vivia uma vida tão hipócrita que era de dar nojo, graças à graça Deus me conduziu até a ele, ainda adolescente resolvi levar uma vida em santidade.

E sabe dês de que me converti minha maior expectativa é de cumprir o bem que eu quero fazer e minha maior decepção é que na maior parte cumpro o mal que não quero fazer, cedo entendi o que Paulo quis dizer, a primeira vez que li esse trecho fiquei louco, por saber que ele passou pelo mesmo problema que eu. Oh quão pecador que sou e quanto, mas luto e venço um, descubro outro sei que a soberba gera rejeição e como me vendo barato por um elogio, dolorido é olhar para aquele pecado que cometia quando criança e esta repetindo ele de maneira diferente me envergonhando, com egoísmo e timidez de entrar numa roda de travestis pra pregar o evangelho (pensando em minha posição) e quando entro prego friamente, constantemente escondo a bíblia para mim mesmo sem mencionar um trecho dela para um perdido, sei que tenho condição de alimentar algumas pessoas pobres por mês e escondo essa realidade me empanturrando com hamburgers semanalmente, miserável pecado que há dentro de mim miséria de mentira que uso para melhorar uma situação, olhos adúlteros que me fazem pecar sinto vontade de arrancá-los tantas vezes oh pecado, e pecado.

Em meio esse estado podre que a lei humana me levou a ficar, sem nada de bom em min. isto é na minha carne, dou graças a Deus em saber que ele me amou antes do meu nascimento e que me conduziu a uma salvação eterna e que ele insiste comigo através do teu Espírito me ensinando o caminho de santidade me mostrando que através da oração tem como, por isso creio e espero inteiramente na tu graça não me conformando com minhas atitudes passadas pecaminosas, mas continuando a lutar essa batalha diária me santificando.

Por que devemos andar em Santidade?


Jonathan Edwards escreveu sobre o pecado:

"O pecado engana facilmente porque controla a vontade humana, e isso altera o Julgamento Quando o desejo prevalece, predispõe a mente a aprová-lo. Quando o pecado influencia nossas preferências, ele parece agradável e bom. A mente é naturalmente predisposta a pensar que tudo o que é agradável é correto. Portanto, quando um desejo pecaminoso vence a vontade, também lesa o entendimento. Quanto mais uma pessoa anda no pecado, provavelmente, mais a sua mente será obscurecida e cega. Assim que o pecado assume o controle das pessoas."

Por isso que hoje em dia nós temos um povo que se chama de "Igreja" que está preso pelas cadeias do pecado.

Não devemos pecar por
*Para pagar nossa dívida com Deus?
*Por amor a nossa "posição" na "igreja"?
*Por interesse em receber algum bem material em troca?
*Para entrar no céu e curtir as ruas de ouro por toda a eternidade?

Se você se encontra em algum de todos os itens citados acima, está com a motivação errada em seu coração, pois o próprio pecado está escondido nele rodeado pelos véus da soberba, egoísmo (idolatria própria), materialismo (amor por este mundo) e etc.
O fato de Deus ter estendido Sua infinita misericórdia sobre nós já é em si um motivo para sermos gratos a Ele. Mas não é tentando retribuir o sacrifício de seu filho por nós que seremos agradáveis a Ele. Nós não devemos nada a Deus. Nunca conseguiríamos pagar o valor que Cristo pagou por nós, dívida que ele tomou sobre si só podia ser paga por ele.Mesmo que nos esforçássemos por toda vida.Ele nos salvou porque foi Sua vontade, nós não fizemos nada que possa ter dado a Ele a "boa idéia" de nos salvar.
Paulo nos diz em Romanos nove:
“10 Este filho era nosso ancestral Isaque. Quando ele se casou com Rebeca, ela deu à luz a gêmeos. 11 Mas antes deles nascerem, antes de terem feito qualquer coisa boa ou má, ela recebeu uma mensagem de Deus. (Esta mensagem mostra que Deus escolhe pessoas de acordo com seus próprios objetivos; 12 ele chama pessoas, mas não por causa das suas boas ou más obras). Foi dito a ela: “Seu filho mais velho vai servir seu filho mais jovem”. 13 Está escrito nas Escrituras: “Amei Jacó, mas odiei Esaú.” 14 Estamos dizendo então que Deus era injusto? Claro que não! 15 Pois Deus falou a Moisés: “Eu mostrarei misericórdia a quem eu quiser, e mostrarei compaixão quem eu desejar. 16 Então é Deus que decide mostrar misericórdia. Não depende de nós. “Nós não podemos escolher e nem trabalhar para recebê-la.”
E toda Bíblia Sagrada está repleta da Soberania de Deus, independente da vontade humana. Pois Ele é o que é e sabe o que faz.
A linha entre: desejar andar em Santidade para estarmos perto do Senhor e nos tornarmos legalistas, infelizmente, é muito fina. Pois o ser humano tem uma tendência natural a ser religioso, a seguir ordens que substituam uma trabalhosa reflexão e a adorar algo que lhe passe algum tipo de garantia e segurança. Qualquer pessoa que se diga "cristã" mas não tenha em si o fruto da sua fé, na verdade,não é cristã e tão pouco entendeu a verdade que lhe foi explicada.Se é que a verdade tenha sido realmente exposta para ela. Não são cristãos aqueles que desejam e cobiçam as coisas desse mundo. O “sangue dos mártires nos afirma isso com toda sua força, pois:” Não há como ser cristão e continuar. Porque o próprio cristianismo consiste em morrer para ele. "
Em Gn.22 Abraão e Isaque obedeceram a Deus mostrando o que estava em seus corações com as atitudes deles.Abraão poderia ter deixado de sacrificar seu filho jogando na cara de Deus que Ele tinha feito a promessa de que ele seria o pai de muitas nações.Isaque poderia ter fugido de seu pai alegando que Deus tinha uma promessa para vida Dele. Mas ambos já conheciam o que era sacrificar.O nosso “Isaque”, ou seja, o nosso sacrifício...somos nós mesmos.Eles dois estavam sendo sacrificados naquele altar...

A.W. Tozer: "Penso que muitos cristãos ficariam mais satisfeitos se o Senhor não averiguasse com tanto rigor os seus assuntos pessoais. Desejam que Ele os salve que os mantenha felizes e que por fim os leves para o céu, mas que não seja tão rigoroso quanto seu comportamento e serviço. Mas Ele nos sonda e nos conhece; conhece o nosso deitar e levantar, e de longe entra em nossos pensamentos. Não há lugar onde nos esconder daqueles olhos que são chama de fogo, e não há meio de escapar do julgamento daqueles pés que são parecidos com bronze polido. Faz parte da sabedoria viver tendo em mente estas coisas."


Assim como está escrito em Provérbios 1:7: "O temor do Senhor é o princípio da sabedoria, mas os insensatos desprezam a sabedoria e a disciplina."
O temor do Senhor é algo muito mais forte e profundo do que um reverencial e relativo respeito. Quando somos tementes a Deus nos lembramos da Condenação que estava para cair sobre nós devido a Sua justiça e imutável santidade. Lembra-nos de quem Ele é Incomparável e Santo. A soberania de Deus e o temor que nós devemos ter a Ele são coisas tão óbvias quanto ignoradas hoje em dia pelos pregadores, pelo menos pela grande maioria deles.
Deus se preocupa mais com a nossa Santidade e obediência a Ele do que com a nossa felicidade, digo isso sem sombra alguma de dúvida, pois aqueles que Ele afirma que o amam são os que obedecem aos seus mandamentos, e é para esses que Ele tem dado a esperança de Salvação da sua Ira, do renascimento em Cristo e principalmente do nosso encontro com o nosso Salvador. As nossas coisas como homens são de rápida passagem assim como o vapor, por isso as decisões que têm valor eterno são tão importantes. Que o nosso amor ao Senhor não seja achado somente em letras de canções, mas que seja encontrado na obediência a Ele e na formação de Jesus Cristo em nós, seguindo os passos dele para o Calvário enxergando a glória que está por vir através dele.
Tozer disse: "Levem sua cruz, sigam o seu Senhor e não dêem atenção à moda religiosa que passa. As massas estão sempre erradas. Em cada geração o número de justos é pequeno. Certifiquem-se de que estão entre eles. Quanto a mim, de há muito resolvi preferir a verdade a ser feliz na ignorância. Se não posso ter a verdade e a felicidade, dêem-me a verdade. Teremos bastante tempo para sermos felizes no céu."
A nossa motivação de andar em santidade deve estar totalmente baseada no nosso amor e temor santo ao Senhor, como certa vez disseram:
“Por que uma pessoa deve vir à Cruz? Por que uma pessoa deve abraçar a morte com Cristo? Por que uma pessoa deve estar disposta a ir em direção à cruz e ao túmulo para ressurgir em seguida? Eu contarei por que! Por que é a única maneira que Deus pode receber a glória de um ser humano..."

"Deus é amor e a sua bondade é ilimitada, mas Ele não simpatiza com a mente carnal. Ele se lembra de que somos pó, com certeza, mas se nega a tolerar as coisas da carne. Ele nos deu Sua palavra; prometeu que nunca seríamos tentados além do que podemos suportar; colocou-se à nossa disposição a oração da fé; fez-nos acessível o infinito poder moral do seu Santo Espírito para capacitar-nos a fazer a Sua vontade na terra. Não há desculpas para agirmos como tímidos fracotes" A.W.Tozer
A Ira de Deus vem.

João Vitor

Escrituras



Não deve ser necessário introduzir estas considerações com uma declaração da necessidade de ler as Escrituras. Você sabe quão necessário é alimentar-nos da verdade revelada nas Escrituras Sagradas. Preciso perguntar se você lê a Bíblia, ou não? Lastimo que a presente época é de leitura de revistas — uma época da leitura de jornais — uma época de ler publicações periódicas, mas não tanto uma época de leitura bíblica quanto deveria ser. Nos tempos antigos, as pessoas tinham poucos suprimentos de outra literatura, mas achavam uma biblioteca suficiente naquele único Livro, a Bíblia. E como liam a Bíblia!
. Há uma grande escassez das Escrituras nos sermões modernos, em comparação com os daqueles mestres da teologia, os teólogos Puritanos! Quase todas as frases escritas por eles parecem lançar luzes adicionais sobre um texto das Escrituras; não somente o texto a respeito do qual pregavam, mas ainda muitos outros eram enfocados de modo novo, no desenvolvimento do sermão. Deus ajude os pastores a seguirem mais de perto o grandioso velho Livro. Seríamos pregadores instrutivos se fizéssemos assim, mesmo desconhecendo "o pensamento moderno" e sem estar "à altura da atualidade".
C.H Spurgeon

Há esperança?


A Esperança deveria ser uma palavra bem gasta no vocabulário cristão hoje em dia e uma atitude demonstrada na vida de cada pessoa que se diz convertida, apesar dela ser mencionada diversas vezes no Novo Testamento é pouco se achada em demonstração nos cristãos modernos. A pergunta é porque o esquecimento de uma das bases da caminhada.

A vida que o evangelho nos propõe é uma vida totalmente contrária do padrão de vida que os homens desejam viver, é contraria ao padrão oferecido pelo mundo, é uma vida de renúncia a muitas vontades humanas uma vida de difícil adaptação com a sociedade, uma vida considerada como um desperdício por aqueles que não conhecem a Cristo, muita das vezes essa vida é pouca aceita pelas pessoas, haverá momentos de perseguição calunias deboches desprezo e diversos outros sentimentos não é fácil o caminho que Cristo nos chama para seguir, realmente é algo extraordinário que só através do Espírito conseguimos.

Com isso, o que faz o cristão permanecer é a consciência que Deus o amou de graça mesmo ele sendo tão podre com uma vida suja, Deus o amou tanto que o conduziu até o arrependimento, quando se entende essa verdade logo o coração se enche de gratidão e começa-se a amar a Deus e temê-lo, o céu e o inferno recebe um valor tão real como o seu próprio corpo quando se olha diante do espelho, com essa verdade viva o inferno não é, mas um simples conto de carochinha ou uma lenda passada de geração a geração, mas sim um lugar de intensa dor eterna que não pode ser comparada com nenhuma dor que o homem possa sentir aqui na terra, o inferno é algo terrível que homem algum gostaria de passar perto, um lugar preparado para todos aqueles que viveram longe de Deus e o céu não é, mas um sinônimo de um lugar bonito meio irreal, mas um lugar cheio de perfeição sem dor sem choro sem tristeza sem pecado onde Deus habita um lugar preparado para os santos.

Quando a pessoa vive com fé e entende a verdade, a vida toma outro sentido o sentimento de esperança é nascido dentro de si, não me refiro a uma esperança terrena colocada em coisas passageira coisas que de nada será útil na eternidade, não falo da esperança de se alcançar um bom emprego ou de se formar ou de quitar a casa ou de adquirir um bem material falo da esperança que é colocada numa eternidade algo que é, mas precioso do que tudo que já inventaram e de tudo que ainda irão inventar e essa esperança desconsidera tudo desse mundo quando se entende isso nada faz mas sentido do que a vida com Deus nem o sofrimento nem doença nem as perseguições nem os problemas, nada o faz querer larga Deus, pois se entende que Deus é soberano e que o cristão não é dessa terra, está apenas de passagem, com essa esperança que os profetas falavam, é essa esperança que Paulo tanto menciona em suas cartas foi com essa esperança que os apóstolos levaram a frente o evangelho sem temer a morte, nessa esperança muitos cristãos mártires foram massacrados torturados sem negar a Cristo sabendo que seus corpos iriam ser transformados, com essa esperança que reformadores lutaram para que a igreja voltasse para a simplicidade, nela que ainda hoje poucos homens e mulheres conduzem suas vidas.

Não deveria haver necessidade de se falar em esperança, pois isso deveria ser o conforto para os momentos difíceis da vida, mas o que me leva a escrever isso é por ver em minha geração uma imensa falta de interesse pelo céu o mundo arrombou as portas da vida dos ‘’crentes’’ existi uma falta de interesse por aquilo que Deus preparou para nós, a esperança perdeu seu valor e sim surgiu uma nova esperança em um novo deus, o deus que me é apresentado por muitos crentes hoje em dia é um deus que mima seus filhos com promessas de uma vida confortável repleta de bens um deus que diz cumprir todos os seus sonhos um deus que não menciona o inferno, mas sim promete satisfazer a vontade terrena um deus que não enfatizar o evangelismo, mas manda as pessoas identificarem seus chamados de esquentarem bancos sentados com suas bundas gordas ou magras e exercer seus ministérios com muita dedicação só basta dar com muita fé que receberá sei lá quantas vezes mais, um deus que cria formas e formas de diversões para seus filhos, que chamam essas formas de estratégia para alcançar os perdidos (mal sabem que eles que também estão perdidos) um deus bonzinho que não fala de justiça e nem de condenação que deixa seus filhinhos sentarem em seu colinho e fica ali fazendo cosquinhas até que eles comecem a dar gargalhadas, esse deus incentiva a busca de coisas temporárias, oferece promessas vazias para pessoas interesseiras que deposita suas esperanças nessas “promessas”. Esse não é o Deus que é apresentado na Bíblia como o Eu Sou, mas têm sido o deus que é apresentado em cima de muitos púlpitos e por muitos crentes hoje em dia o foco se perdeu em algum lugar é difícil achar um cristão que se alegra (em meio sua tristeza) ao receber uma notícia do médico que ele irá morrer dentro de alguns dias e que suas últimas horas serão de intensa dor e agonia deveria existir na morte mesmo que muito dolorosa uma idéia de começo para o cristão e não de fim.

A esperança tem sido descartada e conseqüentemente o valor de vida eterna. A vida eterna não é, mas algo tão importante para ‘’igreja’’, com essa verdade sumindo o número de pessoas indo para o inferno cresce, pois a igreja não tem priorizado a eternidade os crentes acomodados não sentem nenhuma preocupação pelo imenso número que têm corrido para o inferno oh se pudéssemos passar alguns minutos perto do imenso calor do inferno ouvindo os, mas terríveis gritos de sofrimento e vendo a angústia dos pecadores sabendo que aquilo não vai acabar como voltaríamos? Tão gratos pela nossa salvação desconsiderando tudo desse mundo, viveríamos totalmente para Deus imagino que sentiríamos uma compaixão pelas almas que não pararíamos de falar em salvação alertaríamos a todos sobre o inferno nossas palavras não seriam, mas vazias viveríamos intensamente queimados por Deus com uma real visão de eternidade, dai viveríamos esperançosos pelo lugar que Deus tem preparado para os santos.

Deus faria com um homem ou uma mulher que tem esperança no reino dos céus que entende que não é deste mundo que está nele de passagem o mesmo que fez com os grandes avivalistas que para nós são grandes homens, mas na verdade são simples cristãos que viveram e entenderam a verdade que há na Bíblia, Deus faria com a igreja esperançosa o mesmo que fez com a igreja primitiva. Em nosso breve período de passagem pela Terra viveríamos como loucos para muitos homens, sabendo que o nosso Jesus foi massacrado numa cruz para nos livrar da ira vivendo na esperança, esperando pela nossa morada eterna.

Se temos de perder
Os filhos, bens, mulher,
Se tudo acabar
E a morte enfim chegar,
Com ele reinaremos.
Martinho Lutero

Entrevista com CS Lewis


Inglaterra, em 18 de abril de 1944.


Pergunta: Qual das religiões do mundo confere a seus seguidores maior

felicidade?

Lewis: Qual das religiões do mundo confere a seus seguidores maior felicidade? Enquanto dura, a religião da auto-adoração é a melhor. Tenho um velho conhecido já com seus 80 anos de idade, que vive uma vida de inquebrantável egoísmo e auto-adoração e é, mais ou menos, lamento dizer, um dos homens mais felizes que conheço. Do ponto de vista moral, é muito difícil. Eu não estou abordando o assunto segundo esse ponto de vista. Como vocês talvez saibam, não fui sempre cristão. Não me tornei religioso em busca da felicidade. Eu sempre soube que uma garrafa de vinho do Porto me daria isso. Se você quiser uma religião que te faça feliz, eu não recomendo o cristianismo. Tenho certeza que deve haver algum produto americano no mercado que lhe será de maior utilidade, mas não tenho como lhe ajudar nisso.

Pergunta: Os materialistas e alguns astrônomos sugerem que o sistema solar e a vida como a conhecemos foram criados por uma colisão estelar acidental. Qual é a visão cristã dessa teoria?

Lewis: Se o sistema solar foi criado por uma colisão estelar acidental, então o aparecimento da vida orgânica neste planeta foi também um acidente, e toda a evolução do Homem foi um acidente também. Se é assim, então todos nossos pensamentos atuais são meros acidentes – o subproduto acidental de um movimento de átomos. E isso é verdade para os pensamentos dos materialistas e astrônomos, como para todos nós. Mas se os pensamentos deles – isto é, do Materialismo e da Astronomia – são meros subprodutos acidentais, por que devemos considerá-los verdadeiros? Não vejo razão para acreditarmos que um acidente deva ser capaz de me proporcionar o entendimento sobre todos os outros acidentes. É como esperar que a forma acidental tomada pelo leite esparramado pelo chão, quando você deixa cair a jarra, pudesse explicar como a jarra foi feita e porque ela caiu.

Pergunta: A aplicação dos princípios cristãos daria um fim ou reduziria enormemente o progresso material e científico? Em outras palavras, é errado para um cristão ser ambicioso e lutar por progresso material?

Lewis: É mais fácil pensar num exemplo mais simples. Como a aplicação dos princípios cristãos afetaria alguém numa ilha deserta? Seria menos provável que esse cristão isolado construísse uma cabana? A resposta é “Não”. Pode chegar um momento em que o Cristianismo o diga para se preocupar menos com a cabana, isto é, se ele estiver a ponto de considerar a cabana a coisa mais importante do universo. Mas, não há nenhuma evidência de que o Cristianismo o impediria de construir um abrigo. Ambição! Devemos ter cuidado sobre o que queremos dizer com essa palavra. Se for desejo de passar à frente de outras pessoas – que é o que eu penso que quer dizer – então, ela é uma coisa má. Se significar apenas desejo de fazer bem uma coisa, então é boa. Não é errado para um ator querer atuar tão bem quanto possível, mas desejar ter seu nome escrito com uma letra maior do que a de outros atores, isso sim é errado.

Pergunta: Tudo bem em ser General, mas se alguém tiver a ambição de ser General, então não dever ser.

Lewis: O mero evento de se tornar um General não é nem certo, nem errado em si mesmo. O que importa moralmente é sua atitude em relação a isso. O homem pode estar pensando em vencer a guerra; ele pode estar desejando em ser General porque honestamente pensa que tem um bom plano, e ficará feliz em colocá-lo em prática. Isso está ok. Mas, se ele pensa: “O que posso ganhar com esse emprego?” ou “O que devo fazer para aparecer na primeira página do Illustrated News?” então, isso é errado. O que chamamos de ambição, usualmente, significa o desejo de ser mais notável ou mais bem sucedido que outra pessoa. É o elemento competitivo que é nocivo. É perfeitamente razoável querer dançar melhor ou ter uma aparência melhor do que outros – quando você começar a perder o prazer se outros dançarem melhor que você ou tiverem uma melhor aparência, então você está indo na direção errada.

Esse cristão incrivel


O Cristão crê que morreu em Cristo, porém está mais vivo queantes e alimenta a esperança de viver plenamente para sempre.Caminha na terra enquanto está assentado no céu e, mesmo tendonascido na terra, vê que, depois da sua conversão, não sesente em casa aqui. Como o falcão da noite, que nos ares é cheio de graça e beleza, mas no chão é desajeitado e feio,vê-se o cristão em sua melhor forma nos lugares celestiais,mas não se adapta bem aos modos da própria sociedade em quenasceu.O Cristão logo vem a compreender que, para ser vitorioso comofilho do céu entre os homens da terra, terá de seguir, nãoo padrão comum da humanidade, mas o contrário. Para tersegurança, ele se arrisca; perde a vida para salvá-la, ecorre perigo de perdê-la, se procura preservá-la. Ele descepara subir. Se se recusa a descer, já está embaixo, mas quandocomeça a descer, está subindo.É mais forte quando está mais fraco, e mais fraco quando estáforte. Embora pobre, tem o poder de enriquecer a outros, masquando fica rico, desaparece a sua capacidade de enriquecer aoutros. Possui mais quando distribui mais, e possui menosquando retém mais.Ele pode ser superior, e muitas vezes o é, quando se senteinferior, e mais sem pecado quando tem maior consciência depecado. É mais sábio quando sabe que não sabe, e sabe menosquando adquire a maior soma de conhecimento. Ás vezes fazmais, quando não faz nada, e vai mais longe quando fica parado.Na oração ele consegue a fonte de alegria, e mantém o coraçãoalegre mesmo na tristeza."


A.W Tozer
Ficarei em silêncio? Deus não permita!
Ai de mim, se me calar.
É melhor morrer, do que não me opor diante
dessa impiedade, que me faria participante da
culpa do inferno.


John Huss