A âncora



“Precisar de dominar os outros é precisar dos outros. O chefe é um dependente.” Fernando Pessoa

Certa vez ao passar na rua um homem observou um grupo de meninos discutindo ferozmente entre si ao invés de estarem brincando, então, curioso, resolveu perguntar ao que se achava mais próximo dele o que estava acontecendo, e ele respondeu: “Nós estamos brincando de guerra”, “É, e parece que estão levando a brincadeira ao 'pé-da-letra'. Mas por que essa discussão toda?”, perguntou o homem,
“É porque todos querem ser o General.”

Talvez essa ilustração seja um tanto singela, mas diz uma grande verdade a respeito de uma das características mais importantes na vida cristã: a consciência de que nunca haverá ordem, decência e utilidade na igreja enquanto cada um não entender seu papel, considerar e se sujeitar “uns aos outros, por temor a Cristo.” (Ef. 5:21)
Paulo, em Romanos 13, nos instiga a “despertar do sono”, mas antes de falar isso no verso 11, ele nos mostra que Deus não é um teórico ao nos ensinar como viver. Ele mostra que Deus nos ensina a lidar de maneira bem real, sóbria, racional, prática e útil, no nosso relacionamento com a gente mesmo (Rm. 12:3), com os nossos irmãos, tanto em ajuda espiritual (Rm. 12:4-12) quanto em ajuda material (Rm. 12:13) , com a sociedade, incluindo nossos perseguidores (Rm. 12: 14-21) e com o governo político (Rm. 13: 1-7). E, no fim, ele completa dizendo que é essa maneira de viver que a Lei preserva para nós cristãos; pois o objetivo final da Lei não é preservar a si mesma, mas é preservar a comunhão entre nós e o Senhor, primeiramente, e, posteriormente,
a comunhão com o nosso próximo. Isso nos faz emanar a luz, vinda do próprio Deus, que dissipa as trevas que impedem o homem sem Deus de conhecê-lo.
E esta é a "boa notícia" que eu acho maravilhosa: quando vejo Deus nos ensinar através da bíblia que a vida cristã é totalmente prática,real e acessível no nosso dia-a-dia. É muito perigoso (para as trevas) o poderoso o entendimento de que nós, filhos da luz, somos filhos da luz TODOS os dias, que andamos na luz TODOS os dias e que essa luz emana de nós TODOS os dias, não somente uma vez na semana ou dentro de um templo.

Mas existem aqueles entre nós que se esquecem de tudo isso e ignoram o "Dediquem-se uns aos outros com amor fraternal. Prefiram dar honra aos outros mais do que a si próprios." (Rm 12:10) Confesso que isso me pertubou durante um longo período em minha vida quando descobri que nem todos os que se chamavam de cristãos, que pareciam realmente serem cristãos aos meus olhos, na verdade não o eram. Aquele sentimento de "Meu Deus, é o fim do teu povo!" tomou conta de mim como de Elias naquela caverna achando que era o único, ou um dos poucos, na terra. Mas graças a Deus aprendi que é muito importante aliarmos o nosso estudo bílico ao estudo da história da igreja para que não ultrapassemos o que está escrito na Palavra e, além disso, vermos a intervenção de Deus na história o tempo todo. É curioso o fato de se ver desde o princípio da igreja ataques físicos (perseguição), ataques intelectuais
(Judeus e pagãos refutando o cristianismo) e os ataques das heresias, que nascem na igreja. Os outros ataques são de fora pra dentro, mas esse último surge no meio da igreja, ou no mínimo no meio do ambiente da igreja. Creio que esta seja uma das piores coisas que possa acontecer a um jovem que se alegrava cantando e achando que estava em Sião e, de repente, se dá conta que está algemado à beira dos rios da Babilônia, no meio do cativeiro; Do mesmo modo, creio que deve ser muito ruim perceber que o coração do rei não mudou, mesmo depois de fazer descer fogo do céu e matar um bando de falsos profetas.
As heresias no meio do povo de Deus são mais horripilantes do que qualquer bizarrice que o coração podre do homem influenciado por satanás poderia criar, é pior que mil shows de horrores. Porém, o mesmo Deus que história nos conta que age no meio da Seu Povo desde de antes dos tempos de Elias, age ainda hoje nos nossos dias e agirá até o fim; além disso, existem muitos bons frutos, qe duram até hoje, das “Confusões produtivas” que aconteceram nos Séc. II e III, uma das primeiras vezes em que se tinha a maior evidência de heresias. Um deles foi a "Ortodoxia", que é a reação e o estabelecimento do que é realmente o cristianismo e o que é realmente a fé cristã, é acordo de que certa doutrina é a verdade, é toda vez que a igreja estabeleceu: “a verdade é esta aqui”.
Naquela época você não tinha toda a bíblia, só se tinha o Antigo Testamento, então precisava-se de guias que soubessem chegar e interpretar a verdade no Antigo Testamento, e logo essas heresias acabaram fazendo com que a igreja se posiciona-se a respeito de um monte de coisas, as heresias instigaram a igreja a fixar a ortodoxia. Porque até então a igreja estava vivendo tranqüila, daí e começam a aparecer um monte de ensinos esquisitos e eles tiveram de se perguntar, "quem está certo? Qual a reação da igreja para armar-se contra essas heresias?" Então, resumindo, os Pais da Igreja:
- Criaram um Cânon, conjunto de livros que consideravam inspirados por Deus e importantes para ensinar o contexto histórico, as regras e o porquê de se obedecer essas regras, a autoridade maior do que qualquer outro escrito que pudesse surgir na história a respeito da revelação de Deus ao homem, a bíblia;
-Estabeleceram um Credo, resumo do que a igreja deveria crer que era muito prático na época e também o é hoje;
-Instituiram a figura dos bispos, homens sujeitos ao Espírito de Cristo na vivência do que estava escrito, no ensinamento do povo e na refutação de heresias;
Deveriam estabelecer com clareza a fé tomando o cuidado de manter o mistério daquilo que não dá para se explicar... Porque eles sabiam aquilo que o mendigo, no filme "Com Méritos"(recomendo), diz a respeito na questão "O presidente é um rei eleito? Pode fazer o que quiser ou não?"

Mendigo: “Você fez a pergunta senhor, me deixe responder. A genialidade da Constituição é que sempre pode ser mudada. A genialidade da Constituição é
que ela não manda permanentemente, mas está contida na sabedoria das pessoas comuns para se governarem.”

Professor: “Confiança na sabedoria do povo é exatamente o que faz a Constituição incompleta e crua.”

Mendigo: “Crua? Não, senhor, nossos ancestrais eram fazendeiros, brancos, de meia-idade, mas eram também grandes homens... porque eles sabiam algo que todo
grande homem deve saber: QUE ELES NÃO SABIAM TUDO. Eles sabiam que podiam cometer erros, mas inventaram um jeito de corrigi-los. Eles não se achavam ‘líderes’. Eles queriam um governo de cidadãos, não de realeza. Um governo de ouvintes, não de conferencistas. Um governo que pudesse mudar e não ficar parado. O presidente não é um rei eleito, não importa quantas bombas possa jogar, porque a ‘crua’ Constituição não confia nele. Ele é um servo do povo. Ele é um vagabundo. Certo. Ele é só um vagabundo. O único prazer que ele busca é a liberdade e a justiça...”

A genialidade dos Pais da Igreja era terem centralizado a resposta final de todas as questões da vida em Deus e não neles mesmos, teram sujeitado tudo e todos ao que Deus inspirou,a Palavra de Deus que é VIDA de fé e prática para sempre.
É facil de se ler e entender isso que eu escrevi, mas o processo para que pelo menos esses três pontos (Escrituras, Credos e Bispos) fossem estabelecidos pela igreja naquela época foi demorado, desgastante e exigiu de todos os homens despirem-se do desejo de serem "generais" e unirem-se debaixo de um só general e um só cabeça, Jesus Cristo. "Por que?" Porque as heresias só conseguem cumprir seu propósito de morte, separação de Deus e separação dos outros irmãos, se não houver aquele tipo de
atitude que eu citei da parte de Paulo, a vida Cristã, que também é encontrada nas palavras de Jesus. As heresias só conseguem permanecer em igrejas onde
todos querem ser, ou onde já se tem, algum tipo general que não seja o próprio Cristo. Onde a "palavra final" é a manipulada pela vontade dos homens
e não é dada pela Palavra de Deus.

Na história da igreja os homens vão errando e falhando, mas há uma âncora presente o tempo inteiro que vai trazer de volta a igreja, mais cedo ou mais tarde, porque Deus vai jogar pessoas de volta pra ela, que é a palavra de Deus. Na palavra de Deus que a Igreja se conserta.

Para finalizar, gostaria de compartilhar com vocês a letra de uma das músicas que Deus tem dado a mim e aos meus irmãos que tocamos juntos na "Puro e Simples" (www.palcomp3.com/puroesimples), essa música é baseada em uma poesia de William Cowper que ele escreveu em um dos períodos mais difíceis de sua vida, após uma tentativa, divinamente frustrada, creio eu, de suícidio:

"Deus age misteriosamente

A escuridão cobriu o sol do meio dia
E o meu medo me faz perguntar por você
Onde está o meu Deus? Onde está o meu Salvador?
Onde está o meu Dono e Senhor?

A tempestade na estrada me atrapalha a enxergar
O caminho que eu sei estar lá
O terror a minha frente tenta o meu coração
A se salvar pelo caminho da perdição

Mas o Teu livro me faz lembrar

Deus age misteriosamente em seus milagres
Deus age misteriosamente em seus milagres

Quando as trevas escondem a sua face adorável
Eu descanso em sua graça que não muda
Em cada tempestade assustadora e violenta
Minha âncora se prende a sua palavra

Deus age misteriosamente em seus milagres
Deus age misteriosamente em seus milagres

Deus é seu próprio intérprete
E certamente revelará o caminho certo
O caminho certo"

Que Deus nos abençoe!

João Vítor

4 comentários:

Aline Ramos disse...

Amém!

Hermes C. Fernandes disse...

Parabéns pelo belo trabalho apresentado aqui no blog.

Já estou seguindo!

Aproveito para lhe convidar a conhecer o meu blog, e se desejar segui-lo, será uma honra.

Seus comentários também serão sempre bem-vindos.

www.hermesfernandes.blogspot.com

Te espero lá!

Josiel Dias disse...

Olá meus irmãos, graça e paz.

Estou passando para informar, que gostei demais deste espaço, pois é mais uma oportunidade de aprendizado. Como sempre falo: Aprendendo uns com os outros crescemos na graça e no conhecimento, do nosso Senhor Jesus Cristo.
Gostaria também de divulgar o nosso Blog,
Ficaremos felizes em vossa visita, mais ainda se seguir-nos.

“ Mensagem Edificante para Alma”
http://josiel-dias.blogspot.com/

Josiel Dias
Conselho Missionário
Congregacional
Rio de Janeiro

Anônimo disse...

cara incrivel vcs e postagem e tudo mais.. parabens pela existencia

Ficarei em silêncio? Deus não permita!
Ai de mim, se me calar.
É melhor morrer, do que não me opor diante
dessa impiedade, que me faria participante da
culpa do inferno.


John Huss