Publicida da Obra do Espiríto? E, Acaso Precisa?


"Dou graças ao meu Deus... porque em todo o mundo é anunciada a vossa fé." (Rm 1:8) Eles não tinham telégrafos e telefones; eles não tinham rádio e televisão (nem internet), nem agências de imprensa, nem agentes publicitários, e, todavia, a notícia se espalhara daquela maneira por todo o Império Romano. Que lição para a publicidade da obra da Igreja! Como terá acontecido? Vocês podem imaginar? Por que se falou disso no mundo inteiro? Como se soube? Meus caros amigos, a resposta é muito simples. Um avivamento jamais requer publicidade; ele se divulga por si. Não é preciso fazer propaganda da obra do Espírito Santo; ela é a sua própria propaganda. Leiam a história da Igreja. Quando irrompe um avivamento num pequeno grupo, não importa quão pequeno seja, a notícia espalha-se, a curiosidade é despertada, e as pessoas vêm e dizem: "Que é isso? Podemos participar? Como podemos obter isso?" O homem não precisa fazer propaganda; o fato torna-se conhecido; propaga-se pelo mundo todo. Foi o que aconteceu ali. Isso é avivamento! Isso é Pentecoste! Isso é obra realizada pelo Espírito Santo; e a notícia se espalhara como um incêndio incontrolável naquele mundo antigo com seus pobres meios de comunicação e desprovido de recursos publicitários.

Amados irmãos em Cristo, se eu e vocês tão-somente funcionássemos como cristãos da maneira que devíamos, sem dúvida, entre outras coisas, grandes somas de dinheiro da Igreja seriam poupadas. É porque eu e vocês não estamos divulgando a fé cristã como devíamos, que a Igreja tem que estabelecer secretarias de imprensa, montar departamentos de publicidade e fazer propaganda. No princípio, no século primeiro, o cristianismo era divulgado pela vida e pelo modo de viver do povo cristão. Ah, se isso voltasse a acontecer! Você está divulgando o cristianismo? Fala-se da sua fé? Comentam-na em sua casa? Falam dela em seu escritório? Falam dela no trabalho, na fábrica, onde quer que você esteja? Falam de sua fé? Sua fé leva ao regozijo? Leva a questionamentos? Há perguntas? Está levando alguém a procurar descobrir o que ela é e como pode ser obtida? Oxalá conheçamos e experimentemos a graça, bem como a paz de Deus nosso Pai e do SEnhor Jesus Cristo, em tal medida que se venha a falar da nossa fé no mundo inteiro, e com isso Deus seja glorificado e muitos sejam levados a Ele!

Lloyd-Jones

Extraído do blog do Dudu

5 comentários:

... disse...

legal
lógico que pode mano
rsrsrsrsrrs
hey goxto muito do seu blog, apesar de não comentar sempre
valeu
abraço

João Vitor =) disse...

"Amados irmãos em Cristo, se eu e vocês tão-somente funcionássemos como cristãos da maneira que devíamos, sem dúvida, entre outras coisas, grandes somas de dinheiro da Igreja seriam poupadas."

Lukitos cabeça de azeitona(hauhauhauh) ficou massa o "post" cara
...legal mesmo...

Acho soh interessante ressaltar que nós não nos encontramos no mesmo contexto q a igreja se encontrava naquele período e que também nós não somos cristãos como os nossos "irmãos mais velhos" foram....

A propaganda é válida, e se for acompanhada de um testemunho verdadeiro, é fatal!!!

l'esprit fabuleux disse...

que é isso, liberdade de expressão e opinião cara, tu disse o que você pensa e em termos eu concordo o/

gostei daqui :)

Andréia disse...

temos sim que compartilhar mais e mais a nossa fé.

bjux'

Reinam Ribeiro disse...

A publicidade trabalha com meios de comunicação, tão somente propaga uma mensagem que informa os benefícios de uma idéia, sejam produtos, serviços, projetos, etc. Em um mundo tão maior, e mais populoso como o atual seria um retrocesso não divulgar o avivamento, "se ele realmente existe". Mas se utilizam do meio para divulgar uma verdade maquiada e não vivida, cada um dará conta da sua obra, todas serão provadas no fogo, quer palha, prata ou ouro.

Ficarei em silêncio? Deus não permita!
Ai de mim, se me calar.
É melhor morrer, do que não me opor diante
dessa impiedade, que me faria participante da
culpa do inferno.


John Huss