Esta é a noiva de Cristo? Parte 1


"Ela não abandonou a prostituição iniciada no Egito, quando em sua juventude homens dormiram com ela, afagaram seus seios
virgens e a envolveram em suas práticas dissolutas." Ezequiel 23:8

Quem viu a foto e leu o texto acima viu o que os dois tem em comum: pecado. O pecado de um povo que Deus amava, no capítulo 23 do livro temos a história de duas irmãs, Oolá e Oolibá, que simbolizam Samaria e Jerusalém. Se olharmos para o contexto
dos capítulos anteriores(21 e 22), veremos que Deus, já estava usando o profeta Ezequiel para confrontar os pecados de Jerusalém e avisá-la do Seu Juízo que viria sobre ela.

Quis comparar as prostitutas do texto de Ezequiel com a prostituta dos nossos dias, a quem temos dado o nome de a noiva de Cristo e Igreja.
Ela é uma ofensa ao Corpo de Cristo, que é a Igreja(verdadeira), e ao próprio Senhor dela. Deus, em Sua palavra, nunca usou homens para dizer que a Igreja era: a noiva de Cristo, que eles iriam se casar e que todos nós somos "noivinhas de Jesus" assim como afirmam alguns. Que coisa absurda!!! Isso é uma falta de respeito e temor a Deus!!!
Os textos que você vai achar na bíblia fazendo algum tipo de comparação a um relacionamento conjugal entre Cristo e a sua Igreja, serão somente a respeito da Sua autoridade e domínio sobre ela.

EX: " 22 Esposas! Se submetam aos seus maridos como vocês se submetem ao Senhor. 23 Pois o marido é o líder da sua esposa como Cristo é o líder da igreja; ele deu sua própria vida para ser o seu Senhor. 24 Como a igreja se submete a Cristo, vocês esposas devem se submeter aos seus maridos em tudo. " Efésios 5

Não tem nada a ver com essa palhaçada ensinada dos púlpitos de hoje em dia!!!
Essa doutrina de que a Igreja é a Noiva de Cristo, saiu de um falso evangelho extraído do livro de Cantares e está banalizando a santidade e a majestade de Deus tentando fazer de Deus um ser a imagem e semelhança do homem mortal.
Não!!! Deus não é e nunca será rebaixado aos padrões humanos. Ele é Santo e infinitamente Superior a nós. Ele o Pai, mas não é um "papaizinho" como dizem alguns que não O conhecem.
Paulo nos fala a respeito desse tipo de doutrina:

" 20 Desde que o mundo foi criado, as pessoas viram a terra e o céu. Através de tudo que Deus fez, eles podem ver claramente suas qualidades invisíveis—seu poder eterno e sua natureza divina. Por isso eles não têm nenhuma desculpa para não conhecer Deus.
21 Sim, conheceram a Deus, mas se negaram a adorá-Lo como Deus, nem mesmo agradeceram a Ele. E começaram bolar idéias tolas de como Deus era. Como resultado, suas mentes tornaram-se obscuras e confusas. 22 Falando que eram sábios, se tornaram
completamente burros. "

Prestem bem atenção na narração que a própria palavra nos dá a respeito da Noiva de Cristo:

" Vi a Cidade Santa, a nova Jerusalém, que descia dos céus, da parte de Deus, preparada como uma noiva adornada para o seu
marido. " Apocalipse 21:2

" Um dos sete anjos que tinham as sete taças cheias das últimas sete pragas aproximou-se e me disse:'Venha eu vou lhe
mostrar a noiva do Cordeiro' Ele me levou no Espírito a um grande monte e me mostrou a Cidade Santa, Jerusalém, que
descia dos céus, da parte de Deus." Apocalipse 21:9-10

Dessa parte para frente João descreve a Cidade Santa, como ela será, seu tamanho etc. Como nós poderiamos ser o nosso próprio lugar de moradia na eternidade? Como moraríamos em nós mesmos?

As declarações de Deus(Ap. 21:3), do anjo e do próprio João já são o suficiente para afundar toda e qualquer declaração teológica furada e anti-bíblica dos homens.
A Noiva de Cristo, em seu sentido de herança e habitação eterna com Deus, faz parte da promessa que herdaremos. Só isso, nem mais nem menos.
Sabendo disso tudo, poderemos dar a resposta para a pergunta da foto.
Essa a quem chamam de noiva e que está revolvida no pecado, absolutamente, não é a Noiva de Cristo e nem sua Igreja.

Deus nos avisa e espera pacientemente, mas um dia ira vem.

João Vitor

8 comentários:

(-V-) disse...

Paz.

Eu estava pensando nisso essa semana. O que significa a a Noiva de Cristo?

Pra ser sincero não ainda tenho uma conclusão. Mas, como irmão em Cristo, quero advertir vocês para que não façam um análise superficial do assunto. Deixarei 3 coisas para vocês refletirem.

1)
Por isso deixará o homem seu pai e sua mãe, e se unirá a sua mulher; e serão dois numa carne. Grande é este mistério; digo-o, porém, a respeito de Cristo e da igreja.
Efésio 5: 31, 32.

2)
Apocalipse é um livro de difícil interpretação. Lembre-se que João está tendo uma visão, então a Nova Jerusalém pode ser um símbolo que representa a própria Igreja. Cuidado para não interpretar literalmente Apocalipse. Isso já gerou vários erros doutrinários.

3)
No VT há comparações do povo de Deus como uma noiva/esposa. Procure e veja.

Isso não quer dizer que eu ache que a igreja é uma prostituta. Aliás, eu abomino tal idéia. A Igreja de Jesus é santa, é imaculada. O único problema é que aquilo que as pessoas chamam de igreja não é a Igreja verdadeira. Lembremos que na há o trigo e o joio.

Voltemos Juntos ao Evangelho,
Vini
http://br.youtube.com/7vini
http://7vini.blogspot.com

João Vitor disse...

E ai cara blz?

bom vamos lá:

1- Não sei se vc conseguiu compreender o Texto, que não foi feito de maneira superficial e nem de qualquer uma outra maneira. Somente bíblica.

Quanto ao texto q vc citou, observemos o contexo:
*Ele se trata de uma questão a respeito da AUTORIDADE no relacionamento MARIDO E ESPOSA...não há nada fazendo uma comparação da Igreja de Jesus Cristo, que é o SEU CORPO, a uma noiva. Observe:
"Da mesma forma, os maridos devem amar cada um a sua mulher como a seu prórpio corpo. Quem ama a mulher, ama a si mesmo. Além do mais, ninguém jamais odiou seu próprio corpo, antes o alimenta e dele cuida, como também Cristo faz com a igreja, pois somos membros do seu corpo." Efésios 5:28-30

Ora se a Igreja, segundo o texto que de maneira alusiva usou o relacionamento conjugal, é tratado por Cristo como "esposa", como ela poderia ser noiva. Reflita nisso. Como diria minha antiga professora de Hemenêutica: "Texto fora do contexto é pretexto para heresias..."

2) Em relação a Apocalipse a conversa fica mais séria. Eu não sei qual têm sido seus estudos a respeito do livro em questão.
Se vc puder me provar, biblicamente, tal simbolismo entre a Nova Jerusalém e a igreja, terei que rasgar todas as outras páginas e eliminar todo contexto do livro.
“Perto do fim, surgirá um grupo de homens que voltará a sua atenção para as profecias e insistirá na sua interpretação literal, no meio de muito clamor e oposição.”
Sir Isaac Newton

3) Não seja tão ávido a julgar e dar conselhos, vc mesmo disse que há "comparações" no VT entre Deus e Israel. E a intenção do texto que está no Blog não é destruir as afirmações bíblicas, mas sim, as doutrinas empregadas pela instituições religiosas que tomaram para si um título que não pertence a elas, trazendo assim uma casta de erros enganos tanto para os que amam a Deus quanto para os que de fora assistem.

De maneira alguma o texto em questão foi escrito para comparar a Igreja de Cristo, no seu sentido puro e verdadeiro, a uma prostitua.
Mas sim, foi escrito por causa das instituições religiosas que se denominam "A noiva" e agem da mesma maneira que prostitutas e isso de certa forma, pois as prostitutas cobram, elas não.
Procurei separá-las bem, mesmo nas minhas limitações. Perdoe-me se me expressei mal.

Releia o texto.

Sou grato pelas suas recomendções e críticas.

Deus te guie.

(-V-) disse...

Quanto à Igreja como a Noiva de Cristo.
- Argumento 1: É Cristo bígamo?
Em Efésios 5: 21-33 (pronto, todo o contexto) temos claramente uma relação de esposa e esposo entre Cristo e sua Igreja, seu povo, seu corpo. Lembremos que isso é uma comparação. Eu realmente não sei até onde vai a literalidade disso. Afinal é um grande mistério, como Paulo mesmo afirma.
No texto de Efésio a palavra em grego utilizada é “gune” (goo-nay') que significa, segundo o Strong: “Uma mulher, mais especificamente, uma esposa”.
Creio que sua argumentação se baseia nisso: “a Igreja é a Esposa de Cristo e não a Noiva”. Então seria Cristo bígamo? Seria o caso que ele amasse a Igreja e a traísse com a Nova Jerusalém? Ou seria a Nova Jerusalém uma figura da Igreja?

- Argumentação 2: Jesus se noivou com uma cidade material?
Em Ezequiel 16 também vemos uma comparação de Jerusalém como a “mulher” de Deus que adulterou e pecou. Agora, pergunto: Seria Jerusalém as pedras, as ruas, os edifícios ou Jerusalém não seria uma representação do povo judeu?
Não seria igualmente loucura afirmar que a Noiva de Cristo são ruas de ouro, pilares e tijolos? Teria Cristo amor por coisas materiais desse tipo? Ou não seria Ele imensamente apaixonado por sua Igreja, pela qual se entregou a si mesmo, como Efésios afirma? Assim, não seria totalmente razoável crer que a Nova Jerusalém é uma figura da santa e imaculada Igreja?

- Argumentação 3: Tradução do original
Quando fui ler os textos na versão Almeida Corrigida e Fiel deparei-me com o seguinte texto:
“E eu, João, vi a santa cidade, a nova Jerusalém, que de Deus descia do céu, adereçada como uma esposa ataviada para o seu marido.” (Apocalipse 21: 2; ACF)
E olhei a ARA e realmente lá está noiva. Então, li o versículo 9 de Apocalipse 21 (recomendo-te que releia todo o capítulo):
“Então, veio um dos sete anjos que têm as sete taças cheias dos últimos sete flagelos e falou comigo, dizendo: Vem, mostrar-te-ei a noiva, a esposa do Cordeiro;” (Apocalipse 21: 9; ARA)
Então, procurei pelos termos no original. Segundo o Strong:
Noiva = numphe (noom-fay'): uma jovem mulher casada (como velada), incluindo uma menina prometida, por implicação, a mulher de um filho: noiva, filha de direito.
Esposa = gune (mesmo termo de Efésios)
Vemos bem claro que a noiva é a esposa do Cordeiro. E quem é a Esposa do Cordeiro e por conseqüência a sua Noiva também? A Igreja, o povo eleito por Deus.

Argumentação 4: Lógica
Em Apocalipse 22: 17 o Espírito e a noiva (ou esposa na versão ACF) dizem vem. Ora onde habita o Espírito senão em nós? E porque a noiva clamaria vem se não estivesse na terra? E se está na terra então não pode ser uma cidade física, já que a “Nova Jerusalém” (segundo seu etendimento) só descerá dos céus após o julgamento e a criação de novos céus e nova terra.

Então o que significa toda essa comparação?
Simples, hoje a Igreja ainda está como a noiva que está velada, a espera do seu Noivo para ir com Ele (Mateus 25: 1-13) e para que o Noivo a revele na glória da Nova Jerusalém.
“Amados, agora somos filhos de Deus, e ainda não é manifestado o que havemos de ser. Mas sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele; porque assim como é o veremos.” (1 João 3:2)


Quanto à interpretação literal de Apocalipse.
Querido, do que vale a frase de “Sir Isaac Newton” nos quesitos de interpretação bíblica? Será que porque ele afirmou algo então se validou tal posição?
Por favor, não rasgue seu livro de Apocalipse, mas renove a sua mente. Sugiro que leia sobre o assunto do blog Teologia e Vida http://teologia-vida.blogspot.com/search/label/Escatologia, porque eu sinceramente não entendo muito de escatologia.


“Não seja tão ávido a julgar e dar conselhos, vc mesmo disse que há "comparações" no VT entre Deus e Israel”
Como vemos agora, não fui precipitado em falar o que falei e nem em aconselhar no que aconselhei. Mas em nenhum momento julguei nada. Nem afirmei da primeira vez que seu texto era superficial. Eu disse: “Pra ser sincero não ainda tenho uma conclusão. Mas, como irmão em Cristo, quero advertir vocês para que não façam um análise superficial do assunto”

Agora eu tenho uma conclusão.

Voltemos Juntos ao Evangelho,
Vini

João Vítor disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Lucas Louback e João Vítor disse...

Para esclarecimento:

Você "creu" errado,

Seus outros argumentos por si só já se perdem, pois eu não quis passar a Igreja de Cristo da posição de Noiva para a de
esposa...

Em resposta a seu primeiro comentário sobre o texto, escrevi a respeito do relacionamento de autoridade que foi usado de
forma alusiva para ilustrar o relacionamento de Cristo com a igreja. Não apliquei ISSO literalmente formando assim mais uma
falsa doutrina.

O fato da Igreja de Jesus Cristo não ser a sua noiva, não o impede de usar alguma alegoria para descrevê-la em uma
determinada situação.
Não refutei os simbolismos biblicos, mas sim, o título q instituições religiosas tem tomado sobre si, usando das alegorias
bíblicas para tratar a Deus sem temor e tremor.

O texto deve ter ficado tão simples que acho q vc não conseguiu etender...

Não irei fazer as seguintes declaraçÕes como alguém q prefere ter a razão ao invés de aprender...
eh melhor aprender do q ter razão...eh melhor se calar e ouvir do que falar somente para se ter a voz ouvida por outros...
E a própria glória brilhando diante dos homens...

E lá vamos nós outra vez =D :

“Amados, agora somos FILHOS DE DEUS, e ainda não é manifestado o que havemos de ser. Mas sabemos que, quando ele se
manifestar, seremos SEMELHANTES A ELE; porque assim como é o veremos.” (1 João 3:2)

Paulo nos mostra em Romanos:
"Considero que nossos sofrimentos atuais não podem ser comparados com a GLÓRIA QUE SERÁ EM NÓS REVELADA."
"A natureza criada aguarda, com grande expectativa, que os FILHOS DE DEUS sejam revelados."
"E não só isso, nós mesmos, que temos os primeiros frutos do Espírito, gememos interiormente, esperando ansiosamente nossa
adoção como FILHOS, a redenção do nosso corpo."
"Pois aqueles que de antemão conheceu, também os predestinou para serem conforme à imagem de seu FILHO, a fim de que ele
seja o primogênito entre muitos IRMÃOS."
"o povo de Israel. Deles é a adoção..."(Romanos 8:18-19,23,29/9:4)
"JESUS disse:'Não me segure, pois ainda não voltei ao Pai. Vá, porém, a meus IRMÃOS e diga-lhes: Estou voltando para
meu Pai e Pai de vocês, para meu Deus e Deus de vocês'"(João 20:17)

Esses são alguns dos muitos outros verscículos que mostram a nossa revelação como Filhos...não como noiva...
me mostre uma base sólida para suas conjecturas!!

Você estuda Grego? Para poder citar uma palavra do original, não se pode simplesmente selecionar o significado que mais lhe
agrada na lista deles. É necessário saber os artigos que vêm antes e depois da palavra.
se Deus quisesse dizer noiva ou esposa nos dois textos, Ele poderia tê-lo feito, não?

Novamente você cometeu um erro...o contexto do Apocalipse já nos mostra que a Cidade Santa só poderia descer depois que os
acontecimentos anteriores ocorressem, releia o capítulo.
Ora, se a própria cidade, que desce como "noiva", é tida como o 'tabernáculo de Deus' ENTRE os homens com os quais ele viverá,
como poderia ser a igreja?

E como aqueles que segundo você são "a noiva" poderão entrar neles próprios?
"Nela jamais entrará algo impuro, nem ninguém que pratique algo vergonhoso ou enganoso, mas unicamente aqueles cujos
nomes estão escritos no livro da vida do Cordeiro" Apocalipse 21:27
"Felizes os que lavam suas vestes, e assim têm o direito à árvore da vida e podem entrar na cidade pelas portas." Ap.22:14

Segundo o contexto do capítulo 20 a igreja ainda estará na terra juntamente com os santos reinando com Cristo, como então
ela poderia descer do céu e se encontrar com ele para que reinassem juntos novamente?

O livro do Apocalipse só nos dá base sólida para uma afirmação de simbolismo da igreja , os candelabros no começo do livro.
Que falam de algumas congregações espalhadas nas suas respectivas regiões...leia depois

Não esperava que você chegasse ao ponto de implicar com uma citação de Isaac Newton...vc mesmo não traduz outros textos e até
mesmo lê artigos e livros de homens inspirados por Deus?
Foi apenas uma citação de um grande homem...nada mais...

Roberto Brasil disse...

Amado, concordo em gênero, número e grau com o seu estudo e teologia! Gostaria de saber como faço para ter sua autorização para publicar este post em meu blog, tendo, claro, os créditos dados a ti (nome e direcionamento à seu blog) como a fonte da escrita/estudo, fiquei profundamente emocionado ao ler e me identifiquei bastante com a visão que o Senhor lhe concedeu acerca de tal "invenção teológica", humana, irracional e bestial.
Sem mais,
Roberto Brasil,
meu blog:
http://betaobrasil.blogspot.com/
Graça e Paz.
Ps. eu também tomei a pílula vermelha, a analogia com a matrix foi excepcional!!! Aguardo sua resposta. Pode enviar ao meu e-mail: roberto_maior@hotmail.com

Roberto Brasil disse...

Amado, concordo em gênero, número e grau com o seu estudo e teologia! Gostaria de saber como faço para ter sua autorização para publicar este post em meu blog, tendo, claro, os créditos dados a ti (nome e direcionamento à seu blog) como a fonte da escrita/estudo, fiquei profundamente emocionado ao ler e me identifiquei bastante com a visão que o Senhor lhe concedeu acerca de tal "invenção teológica", humana, irracional e bestial.
Sem mais,
Roberto Brasil,
meu blog:
http://betaobrasil.blogspot.com/
Graça e Paz.
Ps. eu também tomei a pílula vermelha, a analogia com a matrix foi excepcional!!! Aguardo sua resposta. Pode enviar ao meu e-mail: roberto_maior@hotmail.com

Anônimo disse...

Olá meu nome é Tiago Julian, sou apenas um irmão, peço antes de tudo desculpa se eu cometer erros de ortografia ou gramática ou qualquer outra coisa, só quero deixar aqui também, o que eu acho a respeito do assunto.

Creio quer independente da citação comparativa que DEUS usou em sua palavra, o objetivo era um, mostrar intimidade, repare que em vários os argumentos ele usa termos como: irmãos, filhos ou filhinhos, noiva e esposa e da mesma forma o "homem" para com DEUS dizia: Amado, ABA Pai ou papaizinho etc.
Sendo assim creio que o intuito era um mostrar comunhão e intimidade com ELE.
No fim das contas podemos ver DEUS de duas formas.
1ª Fisicamente: Homem (Carnal, com raíz pecaminosa ou tendencia ao pecado se preferir) e DEUS (ESPÍRITO, SANTO, Estando em outra esfera bem superior a nossa) com isso a relação é de temor, tremor, obediência etc...

2ª Espiritualmente: O Homem e DEUS com amor e intimidade de acordo com a busca do homem e de acordo com a vontade de DEUS.

Dessa forma, temos conciencia de que o homem por ser diferente de DEUS não pode ser comparado com a ESPOSA de Cristo, pois possui vestes carnais e mundanas, mas espiritualmente poderá alcançar tal proeza pois será semelhante a ELE como citado acima:

“Amados, agora somos FILHOS DE DEUS, e ainda não é manifestado o que havemos de ser. Mas sabemos que, quando ele se
manifestar, seremos SEMELHANTES A ELE; porque assim como é o veremos.” (1 João 3:2)

Só para esclarecimento de possiveis dúvidas, é bom deixar claro que sendo filhos de DEUS Pai podemos ser a noiva de cristo, contudo devemos perceber que a relação de CRISTO com sua noiva ou esposa não é de maneira nenhuma igual a relação de um homem com sua esposa, devemos entender que isso é um simbolismo, pois o amor do homem para com a mulher e o amor de CRISTO para com sua esposa é diferente, Eros e Ágape.

Ficarei em silêncio? Deus não permita!
Ai de mim, se me calar.
É melhor morrer, do que não me opor diante
dessa impiedade, que me faria participante da
culpa do inferno.


John Huss